Artrose de Tornozelo

February 11, 2019

A artrose do tornozelo é uma doença caracterizada pelo desgaste da cartilagem articular do tornozelo, causando dor e limitação funcional severa.

 

A depender da severidade da artrose, o paciente pode apresentar dificuldade até mesmo para caminhar ou para realizar atividades cotidianas. A principal causa da artrose do tornozelo é como sequela de um trauma, ou seja, a pessoa que sofreu uma fratura ou uma lesão grave na região do tornozelo.

 

Com o passar dos anos, pode ocorrer uma degeneração da cartilagem articular, resultando no desenvolvimento de artrose. A artrose do tornozelo também pode ser causada por doenças reumatológicas, como a artrite reumatóide. Além disso, ela ainda pode ser considerada uma artrose primária, que ocorre em pacientes mais velhos com o decorrer da idade, sem nenhum fator causal específico para sua manifestação.

 

Fig. 1 - Radiografia do tornozelo demonstrando caso de artrose grave do tornozelo, com erosões ósseas, presença de osteófitos e diminuição do espaço articular.

 

Tratamento Conservador

 

Casos de artrose leve/moderada podem ser tratados conservadoramente, através de medicações para controle da dor, uso de calçados adequados e em alguns casos infiltrações. Todos os tratamentos visam a melhora do quadro de dor e a melhora do nível funcional do paciente. No entanto, após estabelecido o quadro de artrose, a cartilagem articular não se regenera espontaneamente, não sendo possível obter a cura definitiva da patologia com o tratamento conservador.

 

Tratamentos Cirúrgicos

 

Artrodese de Tornozelo

 

Classicamente, o tratamento para as artroses graves do tornozelo que não apresentavam melhora com o tratamento conservador, consistia na artrodese do tornozelo. Nesse procedimento, realiza-se a fusão dos ossos do tornozelo, chamados de tíbia, tálus e fíbula. Uma vez realizada a fusão, cessa o atrito constante entre os ossos, havendo melhora substancial do quadro doloroso. Pacientes que realizam a artrodese do tornozelo em geral apresentam uma melhora substancial da qualidade de vida, com melhora da dor e da função. A grande desvantagem desse procedimento é a perda de mobilidade da articulação. Dessa forma, a pessoa perde o movimento do tornozelo, que fica relativamente rígido.

 

Prótese de Tornozelo (Artroplastia Total do Tornozelo)

 

Nas últimas décadas, as próteses de tornozelo se tornaram uma opção cada vez mais utilizada mundialmente. O avanço no design das próteses, associada a um melhor entendimento da biomecânica do tornozelo, permitiram que esses dispositivos passassem a apresentar excelentes resultados, com a vantagem de manter a mobilidade do tornozelo do paciente. A prótese de tornozelo consiste de dispositivos metálicos que se utilizam para substituir a área da cartilagem desgastada. Dessa forma, resseca-se a região degenerada, e implanta-se os componentes da prótese, estabelecendo-se a articulação entre os componentes e evitando-se o atrito articular. Com isso, há uma melhora substancial do nível da dor, com a vantagem de se preservar o movimento do tornozelo, ao contrário do que ocorre na artrodese.

 

Fig. 2 - Radiografia após realização da prótese de tornozelo

 

 

Devo realizar uma prótese ou uma artrodese?

 

A escolha do procedimento ideal a ser realizado depende de diversas variáveis. Não existe um procedimento superior ao outro. Tudo dependerá de muitos fatores, entre eles: expectativa do paciente, nível funcional, idade, qualidade óssea, presença de cirurgias prévias, infecções prévias, severidade da artrose, presença de deformidades e experiência do cirurgião. Por isso é fundamental a avaliação cuidadosa de um ortopedista experiente nessa área.

 

Experiência pessoal

 

Por se tratar de um procedimento complexo, a prótese de tornozelo é realizada por pouquíssimos profissionais, especialmente no Brasil. Visando preencher essa lacuna, o Dr. Guilherme passou 1 ano no Hospital for Special Surgery, em Nova Iorque, conhecido como o mais reconhecido hospital ortopédico dos EUA. O Dr. Guilherme recebeu uma bolsa do hospital para coordenar diversos projetos envolvendo próteses de tornozelo. Durante esse ano, ele realizou juntamente com os renomados médicos do hospital mais de 130 procedimentos de próteses de tornozelo, e coordenou diversos projetos envolvendo o estudo da marcha com a realização de próteses de tornozelo em cadáveres. Por esses projetos, ganhou o prêmio de melhor trabalho científico no Congresso Americano de Pé e Tornozelo 2018, realizado em Boston, e publicou diversos artigos em revistas internacionais. Atualmente, é o ortopedista brasileiro com maior número de publicações sobre o assunto.

 

Links relacionados a artrose do tornozelo:

 

- Dr. Guilherme ministra aulas e workshop sobre próteses de tornozelo no curso "Artrose do Tornozelo", promovido pela Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé)

 

Dr. Guilherme apresenta trabalho no Congresso da Academia Americana de Ortopedia (AAOS) realizado em Nova Orleans - EUA 

 

- Dr. Guilherme Honda Saito publicou artigo na Techniques in Foot and Ankle Surgery 

 

- Dr. Guilherme Honda Saito publica artigo na Foot and Ankle International

 

- Dr. Guilherme publicou artigo na revista Foot and Ankle Surgery 

 

- Dr. Guilherme publicou artigo na revista Techniques in Foot and Ankle Surgery

 

 

 

 

Tags:

Please reload

Posts Em Destaque

Dr. Guilherme Honda Saito publica novo artigo na Revista Foot and Ankle International

January 21, 2020

1/8
Please reload

Posts Recentes

February 11, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Consultório

Rua Haddock Lobo, 131 - Cj. 1509

Cerqueira César, São Paulo - SP

Tel: 011- 3151-2825

Tel: 011- 3151-2634

Agendamentos:

Contato

  • Instagram

©  2018 Orgulhosamente criado pela dperrone