Fratura por estresse

A fratura por estresse, ao contrário das fraturas convencionais, não ocorre por um impacto direto e repentino no osso. Ela ocorre devido a sobrecargas repetitivas. Toda vez que realizamos uma atividade que causa impacto em um osso, ocorrem micro-lesões nele. Felizmente, conforme isso ocorre, nosso organismo é capaz de regenerar essas estruturas, deixando-as até mesmo mais fortes. Porém, quando a velocidade de agressão ao osso é maior do que a capacidade do nosso organismo de regenerá-lo, ocorre a fratura por estresse. Por esse motivo esse tipo de lesão é muito comum em atletas amadores que aumentam repentinamente o volume ou intensidade da atividade física. Também pode ocorrer devido a mudanças no tipo de calçado, no tipo de treinamento ou até mesmo no tipo de piso. Além disso, a fratura por estresse também acomete não-atletas com fragilidade óssea.

Os mais diversos ossos do corpo podem sofrer uma fratura por estresse. Na figura abaixo estão descritos os principais locais acometidos na região do pé e tornozelo.




Felizmente, a grande maioria das fraturas por estresse podem ser tratadas conservadoramente, sem necessidade de cirurgia.

Então lembre-se disso da próxima vez que você acordar se sentindo o novo Usain Bolt. A sua mente pode até acreditar que você é um atleta profissional, mas seu corpo certamente ainda não é. Inicie as atividades físicas gradualmente e sob orientação profissional. Com isso, seu corpo terá o tempo necessário para se fortalecer e ser capaz de aguentar os impactos decorrentes da atividade física.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

Consultório Haddock Lobo

Rua Haddock Lobo, 131 - Cj. 1509

Cerqueira César, São Paulo - SP

Agendamentos:

Consultório Sírio Libanês

Rua Dona Adma Jafet 115      

Núcleo de Medicina Avançada

Bloco E - 4o Andar

Bela Vista - São Paulo - SP

Agendamentos:

  • Instagram

©  2018 Orgulhosamente criado pela dperrone